Aquarelas de Lutzenberger em exposição

No dia 2 de dezembro, sexta-feira, ao completar três anos da transferência da Pinacoteca Ruben Berta para o belo casarão do século XIX, restaurado especialmente para abrigar o museu, será aberta a exposição “A Voz das Cores – aquarelas de José Lutzenberger”, com um conjunto de obras pertencentes ao acervo da FUNDACRED, do MARGS e da própria família do artista, pai do famoso ambientalista com o mesmo nome. Este talentoso alemão, que chegou em Porto Alegre em 1920 para atuar como arquiteto, legando a cidade com edificações que marcam até hoje o cenário urbano, também se dedicou com desenvoltura ao desenho e à pintura.

 Observador de seu tempo, Lutzenberger descreveu a aventura humana em imagens do cotidiano, sendo um artista dos detalhes. A luz que emerge de suas cores sensibiliza a ponto de vermos vivos os pequenos dramas do dia-a-dia de seus personagens. Esse arrepio à flor da pele que a visão de sua obra provoca, faz do arquiteto, que nunca se considerou um pintor profissional, de fato, um criador magistral.

O casarão da Rua Duque de Caxias que agora abriga a Pinacoteca Ruben Berta é também exemplar de uma arquitetura que marcou seu tempo, motivo suficiente para apresentar nesta exposição, além de aquarelas, também esculturas em madeira e desenhos arquitetônicos de José Lutzemberger. Oportunidade rara de ver que artista e o arquiteto de ofício tinham em comum a precisão do desenho, o uso meticuloso das cores e mesmo, sem a expressão eloquente das palavras faladas, pode-se afirmar que seus trabalhos apresentam a poesia cativante dos pequenos detalhes.

A VOZ DAS CORES – aquarelas de José Lutzenberger

Pinacoteca Ruben Berta – Rua Duque de Caxias, 973 – Centro Histórico

Abertura: 2 de dezembro, sexta-feira, 18h

Visitação: de 5 de dezembro a 24 fevereiro de 2017 – segunda à sexta, das 10h às  18h

Contatos: [email protected] e 3289 8292