Alimentação no fim de ano – Por Laura Morshak

Apesar do fim do ano vir carregado de expectativas boas relacionadas às comemorações festivas, nós costumamos colocar uma carga negativa em cima deste período devido às refeições com muitas comidas e bebidas. Especialmente este ano, a alimentação se tornou um ponto de conforto para a maioria das pessoas em isolamento social e, em muitos casos, motivo de preocupação com a saúde e com o corpo. Mas o que a maioria das pessoas não lembra é que a forma como nos relacionamos com o alimento também interfere no seu aproveitamento e, consequentemente, no efeito que ele exerce sobre o nosso corpo. A digestão começa antes mesmo do alimento chegar à boca. Começa no ato de pensar, cozinhar, sentir o cheiro e ver a refeição sendo preparada; onde hormônios e enzimas digestivas já começam a ser liberados para processar o alimento. Então por que não aproveitar justamente esse momento de final de ano e mudar a forma como nos relacionamos com a comida?

Aproveite que estamos em uma perspectiva de vida totalmente diferente do que imaginávamos no início do ano e mude, também, a perspectiva pela qual você olha para si mesmo e para os hábitos que cria todos os dias. Resgate as suas origens, a afetividade e a conexão com o que você consome. Coma com calma, com prazer. Teste novas receitas, se permita cozinhar e experimentar alimentos novos. Inclua mais vegetais, frutas e alimentos sem processamentos no seu dia a dia. Cuide da sua saúde, do seu corpo e da sua mente da mesma forma que você cuida de quem ama. E aproveite o melhor de cada momento. Sem culpa, sem restrição e sem exageros.

Nutricionista Laura Morshak CRN 15624
Rua Dona Laura, 333, sala 605 – Bairro Moinhos de Vento
Instagram: @nutrimorshak – Fone e WhatsApp (51) 99544-0686


Leia mais:
Alimentação saudável