Divulgação

Hospital Beneficência Portuguesa corre risco de fechar

Desde o final de 2017, está acesa a “luz amarela” de um tradicional hospital da capital gaúcha: o Beneficência Portuguesa, que corre risco de fechar as portas caso a situação não melhore. Desta vez, houve tempo para uma reação da sociedade em prol de sua manutenção. Entidades diversas, personalidades e a sociedade em geral estão chamando a atenção para o problema, tentando sensibilizar os gestores públicos e buscando mais apoios para a instituição.
A preocupação também chamou a atenção do Legislativo, com a criação de frentes parlamentares em defesa do Hospital Beneficência Portuguesa, que estão em ação desde o final do ano passado. Na Câmara Municipal de Porto Alegre, vereadores formaram a frente, presidida pelo vereador Thiago Duarte (que também é médico). Já na Assembleia Legislativa, é o deputado estadual Pedro Ruas quem preside a frente parlamentar.