Cabeçalho coluna Felipe Augusto 2018

Varejo 2018 – Por Felipe Augusto

Estamos iniciando 2018, e desde já é importante estar atento para as tendências do varejo daqui para a frente. Apesar do momento político instável, o cenário no varejo é de otimismo. Mas, para isso, o varejo tem que estar atento a muitas coisas, especialmente ao atendimento.
Não é o primeiro ano em que o atendimento mais personalizado entra na lista das tendências fortes para o varejo. Tendo acesso a dados relevantes e adotando boas ferramentas, como os sistemas de CRM (Customer Relationship Management ou Gestão do Relacionamento com o Cliente, em português), é possível definir públicos específicos com os quais sua loja deve lidar. Você também deve usar essas informações para melhorar o pós-venda, entendendo os problemas e as demandas dos clientes para propor soluções mais eficientes.
A partir daí, basta direcionar suas ações de marketing para fidelizar o perfil que mais compra com você. Além disso, é fundamental identificar perfis que ainda não são o público de sua loja para acrescentar novos produtos que agreguem com o seu negócio, pois é essencial para continuar crescendo.
Para finalizar, é importante lembrar que, apesar dos bons indicadores da macroeconomia e também pelos fundamentos econômicos do Brasil estarem controlados, ainda vivemos num ambiente político altamente imprevisível. Ano de eleições, vamos porém torcer para que as mazelas vindas de Brasília não atrapalhem as boas perspectivas que acenam para 2018.
Ótimas oportunidades para todos nós!!!