Nascente de curso d’água terá cuidado especial dentro da área da APP - Divulgação

Zona Sul pode ganhar nova área de preservação ambiental

Parte da vegetação e uma nascente de água da Praça Lagos, no bairro Espírito Santo, poderão ser preservadas por lei. A proposta atende reivindicação antiga da comunidade, por meio do movimento SOS Praça Lagos, que há muitos anos solicita a preservação da área, assim como melhorias nos equipamentos de uso público.

Vereador Carús visita futura APP, juntamente com Cecília Brocardo, presidente do SOS Praça Lagos - Foto Gustavo Cruz-O Jornalecão

O projeto de lei 251/17, protocolado na Câmara Municipal, em 17 de outubro, pelo vereador André Carús, propõe que parte da praça seja transformada em Área de Preservação Permanente (APP), garantindo a preservação de uma nascente de curso d’água, a conservação da fauna e da flora local, o fomento à educação ambiental e o uso do espaço por moradores do entorno.

Nos últimos anos, a Praça Lagos enfrenta problemas de conservação, com focos de descarte irregular de lixo e equipamentos públicos depredados (bancos e mesas de jogos de xadrez). “Além de garantir a proteção legal de parte da praça, que apresenta densa vegetação e uma nascente de curso d’água, a intenção da proposta é chamar a atenção do poder público para a conservação desta grande área, devolvendo o espaço para uso da população”, destacou Carús.